terça-feira, maio 28, 2024

DF se destaca como terceira unidade da Federação com menor taxa de homicídios

Share


O Distrito Federal é mais uma vez destaque nacional em redução criminal. Desta vez, figura como a terceira unidade da Federação (UF) com taxa de homicídios – de 8,02% – menor que a média nacional, que é de 18,53%. O dado é apontado pelo Mapa da Segurança Pública 2024, produzido pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), a partir dos dados enviados pelos estados e pelo Distrito Federal, por meio de uma nova ferramenta tecnológica, o Validador de Dados Estatísticos (Sinesp-VDE). Os dados são relativos ao comparativo de 2023 em relação a 2022. O uso da taxa é uma metodologia internacional para aferir o nível de violência de determinado lugar, relacionando o número da criminalidade com o da população.

“Esse destaque ocorre devido ao trabalho que vem sendo desenvolvido a partir de políticas pautadas pelo interesse público e adotadas pela SSP-DF, por meio do Programa DF Mais Seguro – Segurança Integral, e colocadas em prática, com totalidade das forças de segurança com órgãos de governo e sociedade civil. Além disso, realizamos avaliação constante de nossos resultados, para que sejam feitos ajustes, quando necessário”

Sandro Avelar, secretário de Segurança Pública

Além de São Paulo e Santa Catarina, que ocupam as primeiras posições, outras cinco UFs também estão abaixo da média: Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul e Paraná.

“Esse destaque ocorre devido ao trabalho que vem sendo desenvolvido a partir de políticas pautadas pelo interesse público e adotadas pela SSP-DF, por meio do Programa DF Mais Seguro – Segurança Integral, e colocadas em prática com totalidade das forças de segurança, com órgãos de governo e sociedade civil. Além disso, realizamos avaliação constante de nossos resultados, para que sejam feitos ajustes, quando necessário”, explica o secretário de Segurança Pública, Sandro Avelar. “Seguimos sempre em frente, engajados no mesmo propósito de que o DF siga sendo referência em segurança e qualidade de vida, e sob o comando do governador Ibaneis Rocha, que tem investido cada vez mais na segurança pública com recomposição dos quadros, investimento em tecnologia, inteligência, capacitação e videomonitoramento”, completa.

O Mapa da Segurança Pública junta-se a outras importantes publicações, como o Anuário Brasileiro de Segurança Pública e o Atlas da Violência | Fotos: Arquivo/SSP-DF

Cada unidade da Federação tem um setor responsável por informar o órgão federal com os dados. No DF, o fornecimento das informações é feito pela Subsecretaria de Gestão da Informação (SGI) da SSP-DF.

Publicações

O Mapa da Segurança Pública junta-se a outras importantes publicações, como o Anuário Brasileiro de Segurança Pública, produzido pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), e o Atlas da Violência, desenvolvido pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) em parceria com o FBSP.

Cada um desses documentos baseia-se em diferentes bases de dados e possui metodologias, estruturas e enfoques distintos. Em conjunto, eles contribuem para uma compreensão mais completa da dinâmica da violência no país.

O DF Mais Seguro – Segurança Integral engloba ações coordenadas com diferentes setores do governo e da sociedade, além do investimento em inteligência, capacitação e uso de tecnologia

Segurança Integral

O DF Mais Seguro – Segurança Integral engloba ações coordenadas com diferentes setores do governo e da sociedade, além do investimento em inteligência, capacitação e uso de tecnologia. Dividido em cinco eixos temáticos, todos estão alinhados com as principais necessidades da sociedade, promovendo a sinergia entre os órgãos governamentais, não governamentais e a sociedade civil.

O Eixo 1, o Cidade Mais Segura, desenvolve ações voltadas para a construção de espaços seguros, prevenção e mitigação de desastres e calamidades. Além disso, atua em ações que impactam a mobilidade urbana.

Definido como Escola Mais Segura, o Eixo 2 busca ações de prevenção no ambiente escolar, para garantia de espaço saudável com objetivo de dar condições para desenvolvimento pleno de crianças e jovens em idade escolar.

O terceiro eixo, Cidadão Mais Seguro, promove a garantia de direitos, liberdades e garantias, envolvendo a sociedade civil e setores do governo, com base no enfrentamento qualificado à criminalidade por meio da inteligência tecnológica.

A proteção e defesa da mulher é uma das prioridades para a segurança e o Governo do Distrito Federal (GDF) como um todo. Essas ações fazem parte do Eixo 4, o Mulher Mais Segura. Ele reúne medidas preventivas e tecnologias voltadas à proteção da mulher e ao enfrentamento da violência doméstica e familiar e do feminicídio.

O quinto eixo é o Servidor Mais Seguro. O objetivo é promover a qualidade de vida no trabalho, o aperfeiçoamento das habilidades e atenção à saúde dos profissionais de segurança pública.

*Com informações da SSP-DF



Source link

Leia mais

Local News