26.6 C
Distrito Federal

As contas não fecham

Alguns partidos estão vendendo ilusão aos que desejam ser candidato este ano, tem legenda vendendo o sonho que vai ter de 4 a 5 cadeiras na Câmara Legislativa e os menos experientes quando o assunto é quociente eleitoral tem caído nas garras destes dirigentes.

A dica é simples se para fazer um Deputado Distrital são necessários somar os votos de todos os candidatos e obter 65 mil votos,  segundo estimativas para eleger dois deputados serão necessários entorno de 100 mil votos e assim sucessivamente.

Agora fica o alerta aos que desejam ser candidato e chegar a cadeira tão desejada antes do aperto de mão faça as contas, monte sua estratégia e não seja enganado, com as falas de alguns dirigentes que já tem na manga quem deve ser o puxador de votos de sua legendas.

Em conversa com dois analistas políticos neste final de semana fizemos varias probabilidades e o máximo que um partido vai conseguir fazer nesta eleição serão três candidatos caso alcance cerca de 140 mil votos. Não precisa entender de nominata é só levar à calculadora e fazer as contas.

Deputados em busca de legendas

Ao menos quatro Deputados Distritais da atual legislatura estão em busca de legenda o problema de todos, é que possuem mais de 10 mil votos e o funil esta estreito quando se fala em ocupar uma vaga para disputar a eleição, quem deixou para ultima hora pode ficar de fora. Na eleição de 2018 cada partido pode lançar 48 candidatos e no caso de coligações até 72 nomes, na deste ano cada legenda vai lançar no máximo 25 nomes.

DETRAN em boas mãos

Tudo indica que o atual Diretor Adjunto do Detran Gustavo Amaral deve ficar na cadeira de Zélio Maia que vai concorrer a uma vaga de Deputado Federal. O Departamento de Transito que conta com a dupla de professores tem aplicado seus recursos em tecnologia e melhorias dos sistemas, exemplo disso foi o lançamento do app que faz transferência de veículos online de qualquer lugar do DF sem precisar ir fisicamente ao DETRAN.

A cadeira de Vice-Governador

Nos corredores do Palácio do Buriti e da Câmara Legislativa a cadeira de Vice-Governador esta sendo debatidas em varias rodas de conversas o que não falta é especulação e possíveis nomes para ocupar a vaga. Já tem quem diga que esta disposto a sair do MDB e ir para outra legenda na intensão de ocupar a vaga.  

Avatar

Últimas notícias

Relacionadas