terça-feira, maio 28, 2024

Novo sistema de abastecimento de água beneficiará 355 mil moradores da região Norte

Investimento da ordem de R$135 milhões foi anunciado pelo governador Ibaneis Rocha e vai atender Sobradinho e Sobradinho II, Grande Colorado, Boa Vista, Taquari, Itapoã e Região dos LagosPor Thaís Miranda, da Agência Brasília | Edição: Carolina Caraballo

Share

Cerca de 355 mil moradores de Sobradinho, Sobradinho II, Grande Colorado, Boa Vista, Taquari, Itapoã e Região dos Lagos serão beneficiados com um novo sistema de abastecimento de água na região Norte. O Governo do Distrito Federal (GDF) vai investir R$ 135 milhões nas obras do novo complexo para garantir um fornecimento hídrico estável e seguro para essa parcela da população. A construção vai gerar 484 empregos diretos e indiretos.

Novo sistema de abastecimento de água da região Norte vai garantir fornecimento hídrico seguro para a comunidade | Fotos: Renato Alves/ Agência Brasília

Presente na solenidade de lançamento, neste sábado (27), o governador Ibaneis Rocha destacou o trabalho desenvolvido pela Companhia de Saneamento Ambiental do DF (Caesb). “É uma empresa com um dos maiores níveis de abastecimento de água e coleta de esgoto do Brasil, com índice acima de 95% de atendimento à comunidade. Com isso, a gente vem trabalhando para levar desenvolvimento para o Distrito Federal, como é o caso aqui da região Norte, que tinha problemas frequentes de abastecimento. Com o novo sistema, a gente resolve o problema de fornecimento de água em toda essa área para que possamos ter a confiança da população de que o abastecimento será o mais preciso possível”, afirmou o chefe do Executivo.

De acordo com o presidente da Caesb, Luís Antônio Almeida Reis, há alguns pontos da região Norte do DF que são, atualmente, abastecidos por poços profundos ou sistemas isolados, que dependem de mananciais pequenos ou médios. Com o novo complexo, os moradores contarão com um aumento na oferta de água tratada, com qualidade e segurança.

355 mil

Moradores beneficiados com o novo sistema de abastecimento de água na região Norte

“Estamos fazendo um esforço muito importante na região, que é caracterizada por sistemas isolados. Ou seja, no período mais crítico da seca, a população sofria com problemas de falta de água e quebra de bombas. Para estabilizar, estamos construindo todo este sistema com recursos próprios que vão direto para a população”, defendeu Luís Antônio.

O sistema a ser implementado vai contemplar o tratamento e distribuição da água captada no Lago Paranoá. Ela passará pela Estação de Tratamento de Água (ETA) Lago Norte, onde será armazenada nos reservatórios da Elevatória de Água Tratada Lago Norte e, posteriormente, bombeada por meio da Adutora Taquari para os reservatórios de Sobradinho e da Região dos Lagos. A partir daí, será distribuída para a região Norte.

O GDF investiu R$ 135 milhões nas obras do novo complexo; construção vai gerar 484 empregos diretos e indiretos

Andamento

Várias etapas estão em fase de implantação. A construção da adutora Taquari é uma delas, com o custo de R$ 44 milhões e previsão de término em novembro de 2024. Serão feitos 10,6 km de adutora de água tratada em tubulação de ferro fundido com diâmetros variando entre 900 mm, 800 mm e 700 mm. Também serão executadas cinco travessias subterrâneas nas rodovias DF-005, DF-001 e BR-020, e construída uma “chaminé de equilíbrio” em aço (sistema de proteção da adutora) com 40 metros de altura e 3,5 metros de diâmetro.

A enfermeira Eliane Nicacio está animada: “Teremos um sistema moderno que será implantado para atender toda a nossa região”

A Elevatória de Água Tratada Lago Norte é outra etapa. Serão construídos dois reservatórios metálicos com dois mil metros cúbicos de capacidade de armazenamento cada e uma estação elevatória de bombeamento de água tratada com quatro bombas de 2.000 cv (cavalos) cada, além de uma subestação transformadora de energia elétrica. O custo desta etapa será de R$ 39,7 milhões, com previsão de término em janeiro de 2025.

Outra fase importante é a implantação do Reservatório de Água Tratada Sobradinho. Serão dois reservatórios metálicos com 4 milhões de litros de capacidade de armazenamento cada, totalizando 8 milhões de litros, ao custo de R$ 21,9 milhões e previsão de término em janeiro de 2025.

A aposentada Antônia Almeida dos Santos afirmou que “esse trabalho é para melhorar a nossa qualidade de vida”

Ainda faz parte do Sistema de Abastecimento Norte a implantação do Reservatório do Setor Habitacional da Região dos Lagos. Nesse local, serão erguidos dois reservatórios metálicos com 4 milhões de litros cada um, num total de mais de 8 milhões de litros de água, ao custo de R$ 30 milhões. Essa obra será licitada nos próximos dias.

Expectativa

A enfermeira Eliane Nicacio, de 58 anos, é nascida e criada no Itapoã. Presente na solenidade, ela fez questão de agradecer ao governador Ibaneis Rocha pelos recursos que estão sendo depositados na região onde vive. “Eu moro no Itapoã desde que nasci. Há 58 anos, não tínhamos nem água tratada. Hoje, teremos um sistema moderno que será implantado para atender toda a nossa região”, avaliou.

Já a aposentada Antônia Almeida dos Santos, 64, está empolgada para que o complexo comece a abastecer a sua casa. “Eu moro no Itapoã há 12 anos. Eu tenho plena certeza de que essa obra vai ser ótima para nós. Todo esse trabalho é para melhorar a nossa qualidade de vida com o fornecimento mais seguro da água que a gente consome. Isso vai fazer muita diferença no nosso dia a dia”, disse Antônia.

27/04/2024 - Novo sistema de abastecimento de água beneficiará 355 mil moradores da região Norte

Leia mais

Local News