Cidades

Termômetros marcam 5,7º C nesta quinta e DF tem novo recorde de frio

A máxima prevista para as horas mais quentes do dia é de 29º C. Umidade relativa do ar deve variar entre 90% e 15%

Quem apostou que o frio estava com os dias contados no Distrito Federal se enganou. Nas primeiras horas desta quinta-feira (3/8), os termômetros registraram miníma de 5,7° C, com sensação térmica de igual valor, na estação meteorológica de Águas Emendadas. A temperatura é a mais baixa deste ano, batendo os 7º C do último dia 19.

Porém, a sensação térmica está maior do que a de 2º C registrada no dia 6/7.  “Como não está ventando, a sensação de frio está menor”, explicou o meteorologista Mamedes Luiz Melo.

Mesmo batendo o recorde de menor marcação em 2017, a máxima deve chegar aos 29° C nas horas mais quentes do dia. Com o aumento da temperatura no período da tarde, a umidade do ar tende a diminuir passando a variar entre 90% e 15%.

Estiagem
O Inmet emitiu um alerta sobre os riscos da baixa umidade na capital federal. Segundo o órgão, haverá uma variação de 15% a 20% ao longo dos próximos dias.

Os técnicos alertam sobre “perigo potencial” com “risco à saúde”. A medida é adotada quando a umidade fica inferior a 30% e o volume de chuvas está abaixo do esperado. Para os próximos dias, ainda não há previsão de chuva para o DF.

“Na quarta, a umidade relativa do ar chegou a 20%. Para hoje, a previsão é de que atinja os 15%. Esse valor já representa um nível bem crítico de seca”, afirmou Mamedes.

Fonte: Metropoles.com

Mostrar mais

RECOMENDADOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *